Jejum Intermitente – os pros e os contras

Jejum Intermitente – os pros e os contrasComo o nome indica, o jejum intermitente é um padrão alimentar que envolve abster-se da ingestão de alimentos de forma regular.

Embora a ideia de permanecer 24 horas ou mais sem comer seja o suficiente para fazer muitas pessoas estremecer, o jejum intermitente está a tornar-se uma prática cada vez mais popular.

Algumas pessoas decidem jejuar um ou mais dias por semana porque acreditam que é mais natural para o corpo do que comer diariamente, outras acreditam que irá melhorar a sua saúde, mas muitas das pessoas que praticam jejum intermitente fazem-no porque acreditam que fazer pausas regulares na ingestão de alimentos, os irá ajudar a perder peso.

Jejum Intermitente e Perda de Peso

Jejum Intermitente e Perda de PesoOs alimentos fornecem ao corpo a energia que este necessita para continuar a funcionar,

Esta energia assume a forma de calorias. Quando as pessoas ingerem demasiados alimentos, as calorias em excesso são convertidas em gordura.

Quando a dieta falha em fornecer calorias suficientes, o corpo começa a queimar os seus depósitos de gordura para obter as calorias armazenadas e colocá-las em ação.

Os redutores de apetite podem ajudar a sua dieta a funcionar! – Quais têm a taxa de sucesso mais alta

Prova de que o Jejum Intermitente Funciona

Vários estudos mostram que jejuar de forma regular pode ser uma boa forma de perder peso. Para efeitos de uma análise científica, chamada Efeitos do Jejum Intermitente na Composição Corporal e Marcadores Clínicos de Saúde em Humanos, os investigadores analisaram os dados de vários estudos que decorreram entre 3 e 12 semanas, envolvendo indivíduos que estavam a jejuar em dias alternados.

Os dados mostraram uma redução do peso corporal de 3% para 7%. Os dados recolhidos de estudos semelhantes conduzidos em períodos entre 12 a 21 semanas, foram ainda mais promissores porque o peso corporal foi reduzido até 9%.

No entanto, algumas pesquisas oferecem resultados contraditórios, por isso o jejum intermitente não é um modo garantido de perda de peso.

Porque é que o Jejum Intermitente Pode por Vezes Não Resultar em Perda de Peso

Porque é que o Jejum Intermitente Pode por Vezes Não Resultar em Perda de PesoEntão, porque é que o jejum intermitente não funciona para toda a gente? Pode estar simplesmente relacionado com uma questão matemática.

Tal como com qualquer outra técnica de perda de peso, as pessoas que assumem um compromisso sério de perder peso obterão geralmente melhores resultados do que aquelas que não o fazem.

Um homem comum necessita de 2,500 calorias por dia. A sua homologa feminina necessita de 2,000 calorias por dia. Em dias em que o corpo recebe pouca ou nenhuma comida, a maioria destas calorias tem de advir da gordura corporal queimada.

Soa bastante bem, não soa? No entanto, se um homem comum decide alimentar-se em excesso no dia seguinte ao seu jejum, ou faz simplesmente escolhas insensatas que resultem no organismo receber 2,500 calorias a mais do que precisa, ou 1,250 calorias extra por dia nos dois dias seguintes, ficará num impasse.

Nada terá mudado e as poucas calorias extra irão resultar em aumento de peso. Pensa que consumir tantas calorias extra é muito difícil? Pense novamente. Um simples Double Whopper do McDonald’s com Queijo (sem batatas, acompanhamentos ou batido) pode resultar em umas colossais 1,070 calorias.

Algumas Rotinas de Jejum Intermitente 

Existem muitas rotinas de jejum intermitente. A Dieta 5:2 é provavelmente uma das mais populares.

E um plano dietético do tipo comer-pausar-comer. As pessoas a fazer esta dieta podem alimentar-se normalmente durante cinco dias por semana, mas não estão autorizadas a comer quase nada durante os dois dias de jejum.

Oh homens podem ingerir no máximo 600 calorias por dia de jejum e as mulheres têm de sobreviver com apenas 500 calorias (cinco maçãs equivalem a este valor).

Omissão Aleatória de Refeições é um tipo de jejum intermitente menos drástico.

Basta omitir refeições aleatórias uma ou duas vezes por semana. Por isso, se alguém pular o jantar não poderá comer nada durante toda a noite e irá deitar-se com fome.

Caso escolham pular o pequeno almoço não poderão comer nada durante toda a manhã, e o almoço será a primeira refeição do dia. No entanto, alimentos processados são estritamente proibidos na dieta de Omissão Aleatória de Refeições.

No outro extremo, as pessoas que seguem o plano da Dieta do Guerreio, ou evitam alimentar-se por completo ou comem uma minúscula quantidade nas primeiras 20 horas do dia e marcam os seus treinos físicos de modo a que sejam abrangidos neste período sem alimentos.

É permitida uma ingestão normal de alimentos durante as restantes quatro horas do dia. A maioria das pessoas que escolhe este percurso, prefere marcar o seu período de alimentação para o fim de tarde/noite para puderem jantar com as suas famílias.

Prós e Contras Jejum Intermitente 

Os Prós

  • Pode reduzir a probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2
  • Estimula a hormona do crescimento humano
  • Melhora as habilidades curativas
  • Promove um metabolismo mais rápido
  • Pode ajudá-lo a viver mais tempo
  • Reduz o colesterol
  • Pode ajudá-lo a perder peso
 

Os Contras

  • Sensação de Fome
  • Desidratação
  • Mudanças no trânsito intestinal
  • Azia
  • Dores de Cabeça
  • Stress/ansiedade
  • Letargia
  • Menstruação irregular
  • Menopausa precoce

Em Resumo 

O jejum intermitente é um padrão alimentar que consiste em ingerir comida e jejuar de acordo com um horário estabelecido.

A ausência de alimentos nos dias de jejum pode resultar numa maior necessidade de queima de gordura o que poderá levar a uma perda de peso, mas qualquer perda de peso pode ser facilmente substituída caso sejam ingeridas demasiadas calorias nos dias em que não está a jejuar. Este é o motivo pelo qual algumas pessoas acham que o jejum intermitente não é tão eficaz como esperavam que fosse.

Embora a não ingestão de alimentos de forma regular nesta forma seja considerada que traz vários benefícios para a saúde além da perda de peso, também pode causar problemas de saúde, incluindo letargia e dores de cabeça.

A sensação de fome também será provavelmente um problema. Tendo em conta que combater a sensação de fome, se revela frequentemente a quebra na dieta para as pessoas que estão a seguir planos menos restritos, o jejum intermitente será particularmente difícil para muitas pessoas que desejem perder peso.

Também envolve mudanças significativas no estilo de vida e seria adequado procurar aconselhamento médico antes de fazer uma mudança dietética tão drástica.

Quais os redutores de apetite mais eficazes a reprimir os impulsos relacionados com a fome


Leave a Reply

Your email address will not be published.